Assembleia aprova Pauta de Reivindicações 2023

Compartilhe!

Os servidores da Câmara Legislativa aprovaram, em assembleia do Sindical, realizada ontem (16), a pauta de reivindicações da categoria para o ano de 2023.
A lista de reivindicações teve como base proposta apresentada pelo sindicato espelhada na pauta de 2022. Assim como nos anos anteriores, os itens aprovados foram elencados por ordem de prioridade.
Os dois primeiros pontos, definidos pela categoria foram, respectivamente, recomposição de perdas inflacionárias e reajuste real acima da inflação.
A questão salarial dos servidores já foi tema de reunião com o atual presidente da Casa, o deputado Wellington Luiz, conforme noticiado no Boletim do Sindical nº 1 de 2023. No encontro, a entidade teve sinalização positiva da direção da CLDF para avanço nas discussões.

Seguindo a ordem de prioridade, os outros dois pontos aprovados pelos servidores, na minuta sugerida pelo sindicato, já estavam nas reivindicações de anos anteriores, inclusive com discussões em andamento com a antiga direção da Casa: Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Servidores da CLDF (PCCR) e Reestruturação Administrativa.
A proposta do anteprojeto do novo PCCR segue processo de elaboração pelo grupo de representantes dos cargos, com cronograma de discussões definido em assembleia. Para a proposta de Reestruturação Administrativa, o presidente do Sindical, Jeizon Silvério, abriu prazo de uma semana para sugestões adicionais.
Os servidores aprovaram a inclusão de novos pontos à minuta inicial apresentada pelo Sindical, com a determinação de um prazo final – até o mês de maio – para priorizar a reposição de perdas inflacionárias. A pauta de reivindicações 2023 ficou composta por 13 pontos. Veja a lista completa abaixo!

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES 2023 APROVADA EM ASSEMBLEIA:
2 – Reajuste real, acima da inflação;
3 – Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) a ser aprovado em assembleia;
1 – Reposição de Perdas Inflacionárias;
4 – Reestruturação Administrativa conforme assembleias de 2021 e 2022;
5 – Auxílio-saúde conforme apresentado em assembleia em 2022;
6 – Novo Programa de Incentivo à Aposentadoria (PAI);
7 – Fortalecimento da Escola do Legislativo (Elegis) transformando-a em Escola Superior;
8 – Reestruturação Administrativa;
9 – Progressão por mérito a ser implementada por ato da Mesa Diretora;
10 – Celeridade nos requerimentos de conversão de tempo especial
em tempo comum mediante contagem diferenciada;
11 – Realização de concurso para cargos que já finalizaram cadastro reserva;
12 – Nomeações para cargos vagos, de acordo com as necessidades da instituição;
13 – Recomposição do Adicional por Tempo de Serviço (ATS).