Servidores decidem lutar contra o PR 68/2021 e pela reestruturação administrativa da CLDF

Compartilhe!

Os servidores da Câmara Legislativa se reuniram, por videoconferência, na tarde desta segunda-feira (28) para realização de Assembleia Extraordinária da categoria que tratou sobre a reestruturação administrativa da Casa.
Um dos pontos discutidos durante a assembleia, e que tem preocupado os servidores, foi o Projeto de Resolução nº 68/2021 que está prestes a ser votado em plenário. O projeto altera cargos em comissão e cria divisões no setor de Comunicação Social, com possibilidade de aumento de despesas, e não foi discutido com a categoria. Diante da recente ameaça e da histórica luta pela reestruturação administrativa da CLDF os servidores deliberaram por se manifestar:

1 – Pela participação da entidade sindical em toda e qualquer reestruturação administrativa que envolva servidor ou cargo de servidor da CLDF, efetivo ou não.
2 – Pela extinção, intransigente, de todas as divisões e como consequência a contrariedade à criação de mais divisões no âmbito da Comunicação Social.
3 – Pela apresentação de proposta de reestruturação administrativa que leve em consideração a profissionalização da Casa estabelecendo critérios técnicos prévios e o estabelecimento de funções de confiança no âmbito da estrutura administrativa da CLDF.
4 – Em contrariedade ao Projeto de Resolução nº 68/2021 na sua integralidade por diversos motivos, em especial, pelo aumento de despesas, sob pena de questionamento judicial por parte da entidade sindical.

Os servidores aprovaram ainda, por unanimidade o apoio do Sindical às mobilizações nacionais do próximo sábado, dia 3 de julho.