Proposta foi discutida com o secretário-geral

Em reunião realizada no dia 26, o secretário-geral da CLDF, André Peres Nunes, apresentou à diretoria do Sindical sugestão de texto da presidência da Casa para garantir a paridade previdenciária aos servidores ocupantes dos cargos de auxiliare e assistente legislativo e assegurar que esses servidores não tenham mais reposições inferiores que ocupantes de outros cargos, como aconteceu no passado.
Sobre a questão de mudanças nos padrões das categorias, a diretoria foi informada de que ainda não havia consenso por parte da direção da Casa.