Câmara Legislativa terá central de monitoramento do coronavírus

Correio Braziliense – A vice-previdência da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) instalou, na manhã desta segunda-feira (16/3), uma central de monitoramento do coronavírus. A partir de dados do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do DF, os 24 deputados distritais poderão acompanhar a evolução da doença na capital federal.
A iniciativa partiu do deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos). “O objetivo é que, em cima dessas informações, o Legislativo possa sugerir medidas além das que já estão sendo tomadas pelo Executivo”, destacou. “Já temos os dados do Ministério, mas estamos aguardando o acesso à plataforma da Secretaria de Saúde.”
A expectativa é de que a central esteja funcionando na tarde de hoje (16/3). “Ainda estamos na fase 1, de importação. Quanto mais a gente conseguir evitar que pessoas vindo de países em surto entrem, ou garantir que elas fiquem em quarentena, mais poderemos evitar impactos no DF.”
Casos confirmados
Até o momento, há 14 pacientes infectados no Distrito Federal. Diante do crescimento do número nos últimos dias, o governador Ibaneis Rocha (MDB) tem sancionado decretos que impactaram na rotina da cidade.
Aulas estão suspensas, férias escolares da rede pública de ensino foram antecipadas, cinemas, museus e academias estão fechados. A ideia é impedir que haja propagação do vírus que causa a pandemia.