ASSEMBLEIA DECIDE AGUARDAR COMPROMISSO ASSUMIDO PELA PRESIDÊNCIA DA CLDF

Após a reunião com presidente da Casa, os servidores decidiram, ainda na terça-feira, suspender as manifestações para realização de assembleia. Na quarta-feira, os servidores se reuniram no hall de acesso ao plenário para deliberar sobre os próximos passos da categoria.
Após informe da diretoria sobre a posição do presidente Rafael Prudente em abrir espaço para sugestões do sindicato em relação ao ponto eletrônico, a maioria dos servidores presentes optou por dar um prazo para que a direção da Casa cumpra com a promessa de ouvir o Sindical enquanto o controle ainda está em fase de regulamentação.
Caso a direção da Casa não cumpra o prometido, o sindicato partirá para o enfrentamento não apenas político, mas também judicial.